Grupo de Estudos Pindorama em Florianópolis

Aqui me coloco como membro de um grupo de pessoas em Florianópolis que desde muito tempo nos preocupamos com a questão do tema indígena na sociedade e na escola, especialmente na escola Waldorf, da qual a maior parte de nós faz parte.

Eu, particularmente, me ocupo do tema desde o ano 1997, quando tomei minha primeira turma como professora e deparei-me com um currículo que deixava muito a desejar quanto às culturas locais. Quando soube do surgimento do grupo Pindorama em São Paulo, tive sempre muito interesse, embora as distâncias e dificuldades de comunicação na época não permitissem acompanhar mais de perto os estudos.

Por minha conta e um pouco veladamente no começo fiz estudos e tentei levar aos meus alunos o máximo que pude sobre aspectos da cultura brasileira. A Missão da alma dos povos de Rudolf Steiner é um livro que sempre ocupou meu tempo de estudos e manteve o interesse no tema.
Passados muitos anos, finalmente, após uma visita de Ute Craemer à nossa ilha, conseguimos formalizar o surgimento de um grupo de estudos, para fazermos nossa contribuição também no caminho da busca da alma do povo brasileiro.

Nós aqui em Santa Catarina contamos com várias aldeias guarani e aos poucos estamos tomando contato com os grupos e tratando de nos aproximarmos e aprender com eles o que for possível, tratando de apoiá-los nos seus projetos e lutas também.

Nosso principal objetivo tem sido conhecer melhor as histórias dos povos, fazer relações e contar histórias para nossos alunos, levá-los às aldeias e outros ambientes que possam ajudá-los a se interessarem cada vez mais por todas as culturas que fazem parte da formação dos nossos povos.

Fazemos reuniões mensais na Sagres e o grupo, embora pequeno, tem se mantido e já tivemos algumas visitas de campo em aldeias, centros de cultura e conservação de obras.

Veja nos links abaixo o material que desenvolvi para trabalhar com alunos no 4º ano (embora ainda não esteja completamente pronto) e a referência bibliográfica que estamos utilizando na escola para desenvolver os temas indígenas.

Em nome do grupo Pindorama Florianópolis,
Beatriz Camorlinga

Contato: biasteckel@hotmail.com
Abril de 2014

 

MITOLOGIA INDÍGENA PARA O 4º ANO WALDORF - Beatriz Camorlinga

Referências bibliográficas para o estudo indígena - Beatriz Carmolinga