Grupo Pindorama em Florianópolis


Aqui me coloco como membro de um grupo de pessoas em Florianópolis que desde muito tempo nos preocupamos com a questão dotema indígena na sociedade e na escola, especialmente na escolaWaldorf, da qual a maior parte de nós faz parte.

Eu, particularmente, me ocupo do tema desde o ano 1997, quandotomei minha primeira turma como professora e deparei-me com umcurrículo que deixava muito a desejar quanto às culturas locais.Quando soube do surgimento do grupo Pindorama em São Paulo, tivesempre muito interesse, embora as distâncias e dificuldades decomunicação na época não permitissem acompanhar mais de perto osestudos.

Por minha conta e um pouco veladamente no começo fiz estudos etentei levar aos meus alunos o máximo que pude sobre aspectos dacultura brasileira. A Missão da alma dos povos de Rudolf Steiner éum livro que sempre ocupou meu tempo de estudos e manteve ointeresse no tema.
Passados muitos anos, finalmente, após uma visita de Ute Craemer ànossa ilha, conseguimos formalizar o surgimento de um grupo deestudos, para fazermos nossa contribuição também no caminho da buscada alma do povo brasileiro.

Nós aqui em Santa Catarina contamos com várias aldeias guarani eaos poucos estamos tomando contato com os grupos e tratando de nosaproximarmos e aprender com eles o que for possível, tratando deapoiá-los nos seus projetos e lutas também.

Nosso principal objetivo tem sido conhecer melhor as históriasdos povos, fazer relações e contar histórias para nossos alunos,levá-los às aldeias e outros ambientes que possam ajudá-los a seinteressarem cada vez mais por todas as culturas que fazem parte daformação dos nossos povos.

Fazemos reuniões mensais na Sagres e o grupo, embora pequeno, temse mantido e já tivemos algumas visitas de campo em aldeias, centrosde cultura e conservação de obras.

Veja nos links abaixo o material que desenvolvi para trabalharcom alunos no 4º ano (embora ainda não esteja completamente pronto)e a referência bibliográfica que estamos utilizando na escola paradesenvolver os temas indígenas.

Em nome do grupo Pindorama Florianópolis,
Beatriz Camorlinga

Contato: biasteckel@hotmail.com
Abril de 2014

MITOLOGIA INDÍGENA PARA O 4º ANO WALDORF - Beatriz Camorlinga

Referências bibliográficas para o estudo indígena - Beatriz Carmolinga